sa
BONS CURSOS
Estudar é um caminho seguro para o sucesso! Os melhores cursos, apostilas e manuais digitais em pdf por e-mail ou download.
Administração  Agropecuária  Apostilas  Aprendizado  Arte Artesanato Bebidas  Brechó Celular Comprar Concursos Contos Cooperativa Culinária Cultura  Cursos Doação  Downloads Downloads en español Economia  Educação  Eletronica  Empreendedorismo  Escola Esotérico  Espanhol  Esportes  Idiomas  Informática  Joias e pedras  Livros  Loteria  Marketing Notícias Promoção  Saude Sebo Solidariedade  Teatro  Telefonia   Vestibular
Apostilas
Genealogia
Informática
Petróleo
Solidariedade
Teatro
Água  Alzheimer  Autismo  Demencias  Dengue  Dietas  Doença de Pick  Enfermagem  Fisioterapia  Gota  Hipertensão  Homeopatia  Massagem  Peçonhentos  Saúde Oral  Vitiligo
DEMÊNCIAS
Demência na doença de Alzheimer iniciando-se antes da idade de 65 anos. Há deteriorização relativamente rápida, com marcantes e múltiplos transtornos das funções corticais superiores. Afasia, agrafia, alexia e apraxia ocorrem relativamente cedo no curso da demência, na maioria dos casos.
Demência na doença de Pick. Uma demência progressiva, iniciando-se na meia idade (usualmente entre os 50 e 60 anos), caracterizada por alterações de caráter e deteriorização social lentamente progressivas, seguidas por comprometimento de funções intelectuais, memória e linguagem, com apatia, euforia e, (ocasionalmente) fenômenos extrapiramidais. O quadro neuropatológico é de atrofia seletiva dos lobos frontais e temporais, mas sem a ocorrência de placas neuríticas e redes neurofibrilares em maior quantidade do que é visto no envelhecimento normal. Casos com início precoce tendem a exibir um curso mais maligno. As manifestações sociais e comportamentais freqüentemente precedem o franco comprometimento da memória.


Demências, origem e cura
O Alzheimer: descrito pelo médico alemão Alois Alzheimer (1864-1915) há mais de 100 anos, o mal responde hoje por metade dos casos de demência, acometendo cerca de 20 milhões de pessoas no mundo. Ele é caracterizado pelo depósito de placas amiloides no cérebro, que interditam a comunicação entre os neurônios, e uma anomalia na proteína tau, que participa do transporte de moléculas entre as células nervosas, provocando a degeneração neuronal.
A Tau é uma fosfoproteína primariamente neuronal, amplamente encontrada no sistema nervoso central e periférico. Está diretamente associada aos microtúbulos. No cérebro, apresenta-se em seis isoformas, derivadas do splicing alternativo de RNAm. O splicing alternativo dos éxons 2, 3 e 10 resulta na presença de seis diferentes isoformas que contêm, respectivamente, nenhuma, uma ou duas inserções no segmento aminoterminal. 
A hiperfosforilação da Tau, em cérebro adulto, acarreta situações patológicas, dentre as tauopatias a doença de Alzheimer.
Pesquisadores têm discutido há anos se o emaranhado tau neurofibrilário ou as placas beta-amilóides são a causa primária da doença de Alzheimer.
Autópsias mostram que essas indicações da doença de Alzheimer são geralmente encontradas nas mesmas regiões do cérebro - preferencialmente nas áreas responsáveis pela aprendizagem e memória - porém, os pesquisadores anteriormente eram incapazes de identificar um mecanismo que ligasse os dois tipos de lesões. Agora, um grupo de neurocientistas da Universidade de Northwestern relataram a primeira evidência de que a proteína tau deve estar presente para permitir que a beta-amilóide induza a degeneração das células cerebrais que ocorre na doença de Azheimer.
Recentemente foi publicado no periódico Proceedings of the National Academy of Science, onde os pesquisadores sustentam um papel-chave para a proteína tau nos mecanismos que levam à neurodegeneração induzida pela beta-amilóide. Os resultados dos experimentos do grupo mostraram que os neurônios com quantidades normais da proteína tau degeneraram-se na presença da beta-amilóide, enquanto os neurônios especialmente tratados para serem privados da tau não se degeneraram.
"Essas descobertas identificam o comportamento dinâmico dos microtúbulos como um novo alvo para a intervenção teurapêutica. Eles também sugerem que os fatores capazes de induzir ou restaurar uma composição mais plástica dos microtúbulos poderiam prevenir a degeneração neuronal associada com a formação das placas senis em pacientes com a doença de Alzheimer".
Outra pesquisa identificou um elo entre o Alzheimer e a exposição do corpo a inflamações recorrentes, traduzidas por altos níveis de uma substância no sangue, o fator de necrose tumoral  que pode produzir produz agentes inflamatórios nocivos aos neurônios. A Inflamação é uma forma de o organismo se defender naturalmente. Mas, ao fugir do controle e perpetuar-se, a liberação contínua de moléculas  como o TNF não bem-vinda. Outros problemas marcados por processos inflamatórios crônicos, caso da obesidade, do diabete, da artrite e da doença cardiovascular, poderiam contribuir com o Alzheimer. As infecções em geral aceleram o declínio cognitivo em pessoas que já têm a demência, porque invariavelmente desperta inflamações.
Desenvolvimento das doenças neurodegenerativas: haveria participação das toxinas ambientais, a idade e o metabolismo neuronal . Estes três fatores, associados ou individualizados, aumentaria a tendência a formação de radicais livres, perda da barreira protetora dos neurônios, levando ao fenômeno de excitotoxicidade. Esta excitotoxicidade, leva ao aumento da vulnerabilidade neuronal, sofrendo alterações em seus DNA, peroxidação lipídica e lesões protéicas, desencadeando a morte celular.
Novas Tentativas:  fazer com que o Sistema Imunológico “ataque” as placas senis como corpos estranhos e acabem por destruí-la antes de lesar o neurônio (através das microglias); busca-se uma possível vacina com a utilização das próprias proteínas beta-amilóides. Esta evita a formação posterior das placas. Os testes iniciais mostraram que a vacina contra o mal de Alzheimer é segura e pode ser aplicada em seres humanos.
Os especialistas sabem há alguns anos que o cérebro adulto perde gradualmente células nervosas e que é capaz de gerar outras novas, em um processo denominado neurogênese. O cérebro adulto gera novos neurônios para substituir as células nervosas do bulbo olfatório, que controla o olfato, e do hipocampo, que contribui para a aprendizagem espacial e a memória. Essas duas áreas precisam de um fluxo contínuo de novos neurônios para manutenção. Entender a biologia de células-tronco é essencial para estudar formas de reparar o cérebro em doenças neurodegenerativas como mal de Alzheimer. O cérebro 'estoca' células-tronco que migram para criar novas células. As células-tronco se conformar a diferentes tipos de tecido, ficam "em repouso" em cavidades chamadas ventrículos cerebrais. Os cientistas agora precisam descobrir como estas células conseguem chegar à parte certa do cérebro.
Atenção: Estas informações têm caráter meramente informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.
DOWNLOADS GRÁTIS
Contribua com nosso trabalho divulgando para seus amigos  ou fazendo sua doação! Clique no item de seu interesse para fazer o downloads grátis dos arquivos e recomende a seus amigos!

Auto estima  Como estudar  Como utilizar óleo de fritura  Como cuidar do Dengue  Dicas de cozinha  Manual de alfabetização  Manual do cuidador familiar  Manual do Cuidador profissional  Manual de cooperativas  Manual de administração de empregados domésticos  Manual de primeiros socorros  Receitas de pão




Bombons
Cupcakes
Licores
Ovos de Páscoa
Sorvetes
Bebidas
Culinária
Loteria
Saúde
Solidariedade
GENEALOGIA
Árvores Genealógicas
Pesquise sua árvore genealógica no índice abaixo. Se não tiver: clique e Inclua sua Família ou atualize seus dados. É gratuito! Você pode também  incluir um link para acesso à página de sua família.
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
BONS CURSOS
Cursos, apostilas e manuais digitais em pdf por e-mail ou download.
APOSTILAS VIA E-MAIL  
Apenas R$ 10,00 , você compra uma e ganha outra inteiramente grátis. Clique no link de pagamento abaixo e aproveite a promoção
APOSTILAS via e-mail
Apicultura(abelha e mel)
Aves domésticas
Avestruz
Codornas
Compostagem
Hidroponia (técnicas)
Horta orgânica
Incubadora (projetos)
Pavão e Faisão
Ranicultura (rãs)
Viticultura(Uvas)
Astrologia  
Numerologia
Radiestesia
Radiestesia gráficos
Radiestesia prática
Administração Crise Financeira
Administração Financeira
Bolsa de Valores  
Contabilidade de Custos
Contabilidade Geral
Depto Pessoal
Leitura Dinamica
Liderança
Mágicas
Marketing de Rede
Marketing Pessoal
Matematica
MemorizaçãoOratória
Relações Humanas 
Secretariado
Telemarketing
Vendas 
Fabricação de Licores
Fabricação de ovos de Páscoa 
Fabricação de Queijos
Fabricação produtos de limpeza
Fogão a Lenha (projetos)
Futebol
Pedras preciosas e joalheria
Sabonetes Artesanais
VelasArtesanais
Receitas da Vovó Julita
Receitas de doces e Compotas Receitas de drinks e bebidinhas
Receitas de Sanduiches e Sucos
Receitas Dietéticas
Receitas variadas
Access XP  
CorelDraw
Dreamweaver
Excel XP 
Flash
Informática básica
Internet básica
Lógica
Linux
Montagem Computadores
Pagemaker
Photoshop
Powerpoint XP 
Windows XP
Word XP
Alemão
Chinês-Mandarim
Espanhol
Francês
Grego
Hebraico
Holandês
Inglês
Italiano
Japonês
Latim 
Russo
Administração  Agropecuária  Apostilas  Aprendizado  Arte Artesanato Bebidas  Brechó Celular Comprar Concursos Contos Cooperativa Culinária Cultura  Cursos Doação  Downloads Downloads en español Economia  Educação  Eletronica  Empreendedorismo  Escola Esotérico  Espanhol  Esportes  Idiomas  Informática  Joias e pedras  Livros  Loteria  Marketing Notícias Promoção  Saude Sebo Solidariedade  Teatro  Telefonia   Vestibular